SAIBA COMO EVITAR E TRATAR CINCO MALES MUITO COMUNS DO VERÃO

119 curtidas


O verão é uma estação incrível, mas que, sem os cuidados para aproveitá-la do jeito certo, pode trazer algumas dores de cabeça no melhor estilo “ninguém merece”! Conheça alguns dos males comuns dessa época, sabia como evitá-los e, claro, como tratá-los para curtir a temporada plena e saudável.

Intoxicação alimentar

Ela é causada pela ingestão de alimentos com toxinas ou de bactérias que produzem toxinas. “No verão, especialmente nas praias, come-se alimentos que, dificilmente têm um acondicionamento adequado, levando ao aparecimento dessas condições. Sendo assim, observe bem o que come e o que bebe e, se for levar suas refeições, não esqueça de acondicioná-las para um transporte adequado, como bolsa térmica ou isopor devidamente refrigerado. O tratamento consiste em procurar ajuda médica logo que começarem os sintomas, como vômitos ou diarreia. Sempre hidratar-se muito, com água em quantidade abundante e, quando necessário, usar medicamentos como antibióticos”, diz o Dr. Valcinir Bedin, dermatologista e nutrólogo.


Queimadura solar

Como o próprio nome diz, é aquela causada pelos raios de sol, pelo excesso de exposição sem filtro solar, principalmente nos horários de maior perigo. “Para prevenir-se, evite as horas proibidas, que são entre 10 da manhã e 4 da tarde, e aplique filtro solar (FPS 30 ou mais, confirme com seu dermatologista) a cada duas horas, ou sempre que entrar na água. Como tratar? Aplique hidratantes potentes e, claro, fuja do sol!”, recomenda o profissional.

Micose

O dermatologista esclarece que é uma infecção causada por um fungo que precisa de pele, calor e água para sobreviver, portanto o verão é a estação ideal para aparecer e crescer. Quer se prevenir? “Limpe e seque muito bem todas as dobras da pele após o banho de mar ou de piscina. Para o tratamento, é recomendado aplicar medicamentos, creme, spray ou loção específica para isso”.


Queimadura por limão

Na praia ou piscina, muita gente acha uma caipirinha super bem-vinda, e é aí que é preciso ficar de olho, para não sofrer com a chamada fitofotodermatose, que é o nome da queimadura química causada pelas frutas cítricas e pelo sol. Segundo o médico, “ela aparece pela sensibilização causada pelo sucos ácidos dessas frutas que são potencializados pelo sol, por isso não é recomendado manipulá-las e tem que ter cuidado até mesmo ao tomar o drinque. Se houver o contato da bebida com a pele, lave bem a região. Ah, e não esqueça que, quando se mexe com um limão, por exemplo, de biquíni ou top, às vezes pode respingar na barriga, que precisa ser lavada. Para tratar, aplique cremes de corticoide e hidratantes, além de filtro solar”.

Bicho geográfico

Típico da areia das praias, é uma infestação por um micro-organismo chamado Larva migrans, que é transmitido pelas fezes de animais como gatos e cachorros. Para passar longe, “o ideal é evitar praias com animais e limpar muito os pés ou o corpo todo ao sair da praia. Para se livrar desse mal, há medicamento específico que pode ser aplicado diretamente na pele ou tomado por via oral”, afirma o expert.


bom 119     Compartilhar

Sidney Volpe

No mercado da moda sul-mato-grossense a mais de 30 anos, está sempre determinada a alcançar seus objetivos.

349397